Audi está explorando a Blockchain para sua rede de distribuição

A Alemã fabricante de automóveis Audi sediada em Ingolstadt está testando a tecnologia Blockchain para seu processamento de distribuição física e financeira, Cointelegraph auf Deutsch reportou hoje, 30 de março. Com sua nova solução, a Audi pretende aumentar a segurança e a transparência em suas cadeias globais de suprimentos.

O fabricante de automóveis liberou uma Prova de Conceito (PoC) de seu sistema Blockchain no ano passado, depois de testar com sucesso a tecnologia baseada no Hyperledger Fabric da IBM. Devido ao feedback positivo, a gerência da Audi decidiu avançar o projeto para além do estágio de PoC.

A equipe de pesquisa composta por representantes de várias unidades organizacionais, como finanças, produção, logística e TI, está atualmente explorando a representação e a documentação dos processos logísticos internacionais, incluindo a liquidação financeira.

Além disso, a equipe está explorando vários casos de uso do Blockchain para melhorar a segurança da transferência de dados, a eficácia das cadeias de suprimento, o gerenciamento de redes de energia locais e o gerenciamento de entidades digitais.

Alexander Dietmeier, chefe do Tesouro do Grupo na Audi AD, declarou em uma entrevista com a Die Produktion que a Blockchain tem potencial para mudar vários princípios operacionais dentro de empresas industriais e abre novas possibilidades. Dietmeier também enfatizou que acredita que é provável que a Audi ofereça moedas cripto como método de pagamento em um futuro próximo.

Outros fabricantes de carros alemães, como BMW, Mercedes e Porsche, chegaram recentemente às manchetes com anúncios de suas próprias experiências com a tecnologia Blockchain.

A Mercedes Benz, subsidiária do grupo automotivo Daimler AG, está emitindo sua própria moeda cripto MobiCoin para recompensar os condutores por uma direção ambientalmente cautelosa. Carmaker Porsche está explorando a utilização de aplicativos blockchain em seus veículos em cooperação com a XAIN, uma startup de Berlim.

BMW está planejando expandir seu portfólio fazendo parceria com uma startup Blockchain e desenvolvendo em conjunto um sistema para o fornecimento ético de cobalto para seus produtos.