Resistência à ASIC: Ethereum se juntará ao Monero contra a gigante da mineração?

A comunidade de cripto está se preparando para uma verdadeira revolução - as principais criptomoedas podem abandonar o algoritmo de Prova de Trabalho (PoW). O motivo é o jogo de grande alcance do gigante de mineração Bitmain, que está construindo um verdadeiro monopólio no mercado, eliminando novos ASICs para as melhores moedas. Isso diz respeito não apenas aos usuários que preferem as fazendas tradicionais de GPU, mas também aos próprios desenvolvedores, já que o ecossistema se torna cada vez mais centralizado e vulnerável a ataques.

Parece que a linha de produção de ASICs de vida curta para novas moedas se transformou em uma corrida armamentista entre Bitmain e rivais menos rápidos. Todo mundo quer morder o último pedaço do algoritmo PoW, prometendo um retorno rápido e não deixando nenhuma chance para fazendas de GPU tradicionais. Os primeiros Antminers estão esgotados antes do início das vendas e os usuários parecem receber o lucro prometido. Se não fosse por uma coisa - os ASICs estão rapidamente se tornando não lucrativos, e taxas crescentes de hash levam à centralização do Blockchain.

Resistência ao ASIC

Na comunidade, a Bitmain ganhou uma reputação de "um bando de gananciosos" depois de usar um enorme hashrate em seu próprio pool (Antpool.com) para bloquear importantes votos na rede Bitcoin. A própria formação de resistência começou no início do ano, quando a Bitmain anunciou de repente o lançamento da produção de Antminer A3 para a mineradora SiaCoin, destruindo 4 meses de trabalho de seu antigo concorrente Obelisk.

Orgulhosos e felizes de anunciar que estamos lançando o Antminer A3, um novo modelo Antminer para mineração de criptomoedas usando o algoritmo de hashing Blake(2b). O preço real e a opção de compra estarão disponíveis aqui https://t.co/mrymOaMy4i depois das 14:30 (17 de janeiro, GMT+8).

Naquela época, David Warrick, fundador da SiaCoin e proprietário da Obelisk, não cumpriu sua promessa de soft fork e deu à Bitmain a chance de reparar a situação.

Depois de muita consideração e discussão, decidimos não invalidar os mineradores A3 via soft-fork, a menos que a Bitmain tome uma ação direta para prejudicar o projeto Sia. Estamos incrivelmente empolgados com 2018 e seguiremos em frente com mais força. Resposta completa:

Na verdade, a situação foi corrigida por si só. No início das vendas, a Bitmain prometeu um lucro diário de US $ 460, que em apenas 10 dias caiu 2 vezes, com apenas US $ 10 até o momento.

Estimated Rewards

Image source: Whattomine

Cartão amarelo #1

O lote de inverno de A3 ainda não estava esgotado quando a Bitmain anunciou um novo modelo, que desta vez levaria a extração da moeda mais popular, o Monero (XMR):

Temos o prazer de anunciar o novo Antminer X3, para minerar criptomoedas baseadas no hash do algoritmo CryptoNight.

Dois lotes: envio em junho (https://t.co/VeidZrreK2) e envio em maio (https://t.co/RKtJe6Rm8D)

Para evitar tumulto e permitir .... (1/2)

Já tenso, o estado das coisas foi alimentado ainda mais pela Baikal, que seguindo seu rival apressou-se a morder um pedaço da torta Monero. Desenvolvedores deste último foram menos complacentes do que o SiaTech e mantiveram sua promessa de executar um hard fork para resistir à mineração ASIC. No entanto, a Bitmain não chegou e se isentou da responsabilidade por possíveis problemas com o Monero, colocando imediatamente o seguinte aviso em seu site:

"Uma grande criptomoeda que está usando a função hash CryptoNight está prestes a mudar seu algorítimo PoW [CT: erro do site], e de acordo com sua declaração pública, é propositalmente para montar plataformas de mineração ASIC incluindo X3. Quando você a compra, você está apostando que eles estão errados".

Embora os mineradores de ASIC suportem outras moedas, por exemplo, Bytecoin, Aeon e Dash, o que dizer dos lucros de US $ 4.500 prometidos por mês que se transformaram em uma abóbora?

Monthly return as of April 26, according to Cryptocompare

Antminer

Fonte da imagem: Cryptocompare

Retorno mensal em 17 de março, de acordo com a Cryptocompare

Antminer

Image source: Cryptocompare

Particularmente, como muitos usuários estão insatisfeitos com a redução da lucratividade e equipamentos inutilizdos que “quebra a cada 30 a 40 minutos e reinicia o PC”.

Post

Cartão amarelo #2?

Os proprietários da Bitmain não teriam sido eles mesmos, se não tivessem cobiçado um pedaço mais gostoso de cripto. Em 3 de abril, os desenvolvedores anunciaram o lançamento do "mais eficiente e eficiente EtHash ASIC" do mundo, agora sob o algoritmo Ethash, no qual Ethereum e Ethereum Classic funcionam.

Temos o prazer de anunciar o Antminer E3, o minerador EtHash ASIC mais potente e eficiente do mundo.
Limite de pedido de um minerador por usuário e não disponível na China.
Estoque limitado, encomende aqui agora:

A maior das surpresas da China refutou com sucesso a crença geral de que o protocolo Ethash éresistente à ASIC e o Ethereum pode ser minerado apenas por meio de placas GPU tradicionais.

Além da Bitmain, três outras empresas estão trabalhando nessa direção, uma das quais - a Halong Mining - recentemente se juntou à iniciativa Blockchain Defensive Patent License com uma patente para a versão aberta da tecnologia AsicBoost.

Parece que isso causou preocupação na Fundação Ethereum, que até então demorava a adotar o algoritmo rova de Participação (PoS - Proof-of-Stake) para reduzir o papel da mineração. O Bitmain tem certeza de que o Ethereum não será capaz de abandonar a PoW, e a transição para a PoS resultará em apenas mais um hard fork no estilo do Ethereum Classic?

Enquanto um dos desenvolvedores do Ethereum inicia uma Proposta de Melhoria do Ethereum (EIP) #958 no Github, e outro recebe um voto de 57% de seus seguidores no Twitter apoiando essa medida radical, Vitalik Buterin compartilhou com a Cointelegraph sua opinião de que a ameaça é superestimada:

“Estou em princípio aberto a isso, mas acho que é cedo para se comprometer com um fork específico, porque ainda sabemos muito pouco sobre com que tipo de ASICs estamos lidando, se eles são realmente ASICs ou apenas GPUs super otimizadas com partes não essenciais retiradas, e quais opções existem para mudar o algoritmo.”

Ele também disse à Cointelegraph que espera que isso “continue a ser debatido dentro da comunidade a curto e médio prazo”.

Parece que ele está certo. Enquanto alguns usuários esperam ver um grande número de placas GPU chegando ao mercado secundário em breve, outros prestam atenção ao fato de que, quando o Antminer E3 chegar ao consumidor, ele poderá perder sua relevância. De acordo com o AsicMinerValue, os proprietários do E3 receberão US $ 7,38 por dia ou US $ 221,36 por mês após a dedução dos custos de eletricidade.

Profitability

Fonte da imagem: AsicMinerValue

Enquanto a Bitmain novamente se esquiva da responsabilidade e aceita pedidos para o Antminer E3, não mais que 5 unidades podem ser encomendadas por vezDe acordo com o fabricante, quando as remessas começarem, o desempenho e a eficiência energética do modelo serão melhorados.

Risco de banco dos réus

O monopólio da Bitmain continua a crescer. Ao mesmo tempo, o número de moedas disponíveis diminui e o número de mineradores permanece o mesmo. O debate está se tornando mais agudo, deslocando mais pressão sobre a equipe de desenvolvimento. Os criadores do ZCash foram acusados abertamente de trair os interesses da comunidade, o Monero executou um hard fork e o Ethereum está a caminho de mudar o algoritmo.

Enquanto algumas empresas conduzem hard forks e outras ocupam posições de espera, a Bitmain e seus colegas estão trazendo ativamente ao mercado dispositivos cada vez mais poderosos que podem suplantar configurações obsoletas. No entanto, vale a pena lembrar que um ponto fraco dos ASICs é que eles podem ser atingidos pelos seguidores da Resistência ASIC. Esta é a impossibilidade de reprogramar o núcleo. Assim, mudanças fundamentais no algoritmo PoW podem em breve mandar a Bitmain para o banco dos réus.