A plataforma de venda de tokens amigável às regulações AngelList arrecada US $ 9,2 milhões em rodada inicial de financiamento

A CoinList, uma plataforma para serviços financeiros baseados em tokens, com ênfase no cumprimento da regulamentação, arrecadou US $ 9,2 milhões durante sua rodada inicial de captação de recursos, de acordo com um comunicado à imprensa publicado hoje, 5 de abril.

A CoinList é uma subsidiária da AngelList, um site para conectar startups a investidores e candidatos a emprego.

O comunicado de imprensa aponta que o valor de US $ 9,2 milhões da CoinList inclui recursos da empresa Accomplice e da firma de pesquisa Protocol Labs, bem como dos fundos de cripto Polychain Capital, Digital Currency Group, FBG Capital, Libertus Capital, Blockchain Capital, Coinfund e Electric Capital. .

Segundo o site da CoinList, os projetos na plataforma arrecadaram cerca de US $ 435 milhões nos últimos doze meses, com a Oferta Inicial de Moedas (ICO) da Filecoin, de mais de US $ 205 milhões como destaque para a grande quantia levantada.

A CoinList hospeda um serviço de conformidade, o ComplyAPI, que promove a si mesmo como “zeloso com a conformidade para que você possa se concentrar em sua venda de token”. O serviço realiza verificações de AML e KYC em potenciais investidores, bem como garante que apenas investidores credenciados - aqueles com um patrimônio líquido superior a US $ 1 milhão ou uma receita anual de US $ 200.000 - estarão participando da venda de tokens de uma empresa como "em conformidade com as leis de valores mobiliários dos EUA".

Andy Bromberg, cofundador e CEO da CoinList, disse no comunicado de imprensa que o sucesso da rodada de financiamento da CoinList “reflete a necessidade crescente que as promissoras empresas Blockchain têm para o cumprimento e execução de venda de tokens de alto nível:”

“Agora, mais do que nunca, as empresas que captam recursos através de uma ICO precisam de um parceiro de plataforma que conheça as complexidades da execução e da regulamentação. A CoinList oferece ainda mais integridade às startups que já se destacaram e ao conforto dos investidores credenciados que desejam se comprometer com a tecnologia [B]lockchain".

O lançamento de uma ICO nos EUA requer que uma empresa se registre para a isenção de investidores credenciados pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) ou registre sua ICO como uma oferta de valores mobiliários.

ICOs em todo o país foram fechadas devido ao que a SEC cita como uma venda de "títulos não registrados", mais recentemente em Massachusetts, em parte devido à sondagem sobre criptomoedas recentemente lançada pela SEC.

O Praetorian Group entrou com um pedido no início de março junto à SEC para registrar sua ICO como uma oferta de valores mobiliários; se o pedido for aceito, eles se tornarão a primeira empresa a ter uma ICO regulamentada pela SEC.