Advogados da Atlas Quantum renunciam a todos os processos contra a empresa

Os advogados que representam a empresa de arbitragem de investimentos em Bitcoin Atlas Quantum teriam renunciado no fim de dezembro a todos os processos envolvendo a empresa, que vive uma grave crise para honrar seus compromissos. A notícia é do Cointimes.

Segundo a matéria, um documento de 30 de dezembro de 2019 endereçado ao Juiz da 30a. Vara Cível do Foro Central da Comarca de São Paulo trata da renúncia dos advogados Danilo Palinkas Anzelotti, Paulo Arthur Adoglio Benradt e Marina Antunes e Silva Fratantônio, do escritório Palinkas Advogados, dos processos envolvendo as empresas do Grupo Atlas. A empresa agora deve nomear sucessores para os processos na Justiça.

A renúncia está prevista no Artigo 112 do Código do Processo Civil, que diz que os advogados podem renunciar a qualquer momento, comunicando aos mandantes para que nomeiem um sucessor. A matéria diz que há relatos de que a empresa não teria honrado seus compromissos comerciais com o grupo de advogados. O Palinkas Advogados não comenta a decisão.

Em setembro de 2019, outro grupo de advogados, do escritório Malgueiro Campos, também deixou os casos envolvendo a Atlas, logo depois da saída da consultora jurídica do grupo, Emília Campos.

Como noticiou o Cointelegraph Brasil, a Atlas Quantum disse nesta semana que divulgará novidades sobre saques de Bitcoins e que 54 solicitações da Anubis Trade já foram atendidas.