US$ 4.200 Bitcoin poderiam ser US$ 7.000 no pré-domínio de mercado de 2017: Alistair Milne

O Bitcoin já valeria US$ 7.000 se a dominância do mercado retornasse aos níveis anteriores a 2017, sugerem os cálculos.

As descobertas enviadas pelo Twitter pelo investidor e empresário Alistair Milne sugerem que sem o "Bitcoin Unlimited" ou os "medos de fork", o Bitcoin valeria US$ 3.800 mais do que no presente, diz ele.

Alistair Milne diz: Se o Bitcoin retornasse à dominância de mercado de cerca de 84% (que apresentava antes do Bitcoin Unlimited/medos de fork), o preço seria de mais ou menos US$ 7.000 hoje

A participação do BTC no mercado de criptomoeda estava em constante declínio até 2016, enquanto em 2017 a taxa aumentou dramaticamente com o aumento do Ethereum e outras altcoins.

As reversões breves vieram com mais descontinuidades, com o BTC atualmente assentado em 51.2% de domínio, de acordo com o Coinmarketcap, em uma alta de vários meses.

Apesar de os preços também chegarem aos seus níveis mais altos na história nesta semana, Milne junta-se a outros sugerindo que ainda há espaço para crescimento a curto prazo.

O chefe entre eles nesta semana são Max Keiser e John McAfee, enquanto dentro do Bitcoin, o colega empresário Tuur Demeester sinalizou que ele reposicionou seus investimentos conseguir alguns lucros em USD..

Tuur Demeester diz: O sentimento sobre o Bitcoin parece ser super otimista. Muitas altcoins sangrando. Apenas tirei alguns lucros do BTC da mesa (para USD) no meu portfólio de negociação.

Como a Cointelegraph relatou ontem, o crescimento do Bitcoin provavelmente será punido com a prosperidade de altcoins no curto prazo, com perdas de até 20% previstas por comentaristas da comunidade.

Respondendo a Milne, outros consideraram totalmente possível que preços parecidos apareçam mesmo se o domínio de Bitcoin "não ultrapassar 51%.