2018 panorama da Blockchain e criptomoeda: Expert Blog

Expert Blog é a nova série de artigos do Cointelegraph sobre líderes da cripto-indústria. Cobrimos de tudo desde tecnologia das Blockchains e criptomoedas até regulamentação das ICOs e análises de investimentos. Se quiser se tornar nosso autor convidado e ser publicado no Cointelegraph, por favor nos envie um e-mail em mike@cointelegraph.com.

Crescimento continuará sendo um problema para as Blockchains descentralizadas durante boa parte de 2018

As Blockchains não se ampliam por natureza. Se dez nodes ou mil nodes estiverem processando transações pela Blockchain, apenas uma delas pode escrever um bloco por vez fazendo do registro nas Blockchains um processo serial. Essa é a natureza do design original por motivos de segurança, por exemplo, para prevenir a probabilidade de gastos duplicados. O resultado disso é que incrementar a Blockchain com mais recursos não aumenta a capacidade de transações que ela pode processar.

Aumentar o tamanho dos blocos como é feito por algumas Blockchains vai permitir que mais transações sejam acomodadas mas aí existem outras limitações já que clientes menores não terão equipamentos que comportem esse aumento no tamanho dos Blockchains pois as transações aumentam e os blocos as acumulam. Alguns projetos relacionados, como o Lightning e Raiden talvez comecem a amadurecer no ano que vem mas no fim não vão resolver o problema completamente. Isso acontece por faltarem incentivos nos projetos, para ter pessoal o suficiente para parar criptomoedas valiosas para abrir os side chains. A solução definitiva para a expansão seria através da paralelização do Blockchain -- algo em paralelo efetivamente resolveria. Muitas criptomoedas, como a Ethereum, projetam que essa solução virá dentro de alguns anos.

Algumas das novas Blockchains introduziram paralelização basedas em topologias diferentes como a fine-grained paralelização em gráficos direcionados acíclicos (IOTA, Byteball, Hashgraph) ou o Blockchain splitting (Zilliqa). Esses projetos se demonstrarão úteis conforme amadurecem e são mais usados no ano que vem. Portanto, esperamos que a paralelização das Blockchains que usam o block splitting se afirme como a mais eficiente por permitir a otimização do raio entre os ganhos na task splitting e a necessidade de se reduzir a comunicação da superfície da intra Blockchain entre os splits.De qualquer maneira, estes projetos vão provavelmente demorar um pouco para provar que são seguros; um processo que se estenderia bastante pelo próximo ano.

Alguns projetos relacionados a Blockchain vão começar a amadurecer e demonstrar seu verdadeiro valor

2017 viu a proliferação de muitos projetos relacionados a Blockchain e tokens. Muitos deles se comprovarão inúteis. No entanto, igual ocorreu um alto crescimento na época das companhias ponto-com nos anos 90, começaremos a ver algumas pérolas se destacando desse período, as quais vão criar produtos verdadeiros, e serviços que se comprovaram úteis a longo prazo.

É esperado que mais projetos relacionados a transferência de valores internacionais (algo que é muito caro e algumas vezes demorado por envolver wire transfer), ofertas de pequenos empréstimos descentralizados, serviços monetários não bancários, cartões de débito que permitem trocas de câmbio rápidas de fiat para criptomoedas e que permitem o gasto de criptomoedas em qualquer loja que aceite fiat.

Este ultimo desenvolvimento é muito significante pois responde a pergunta de quantos estabelecimentos no ano passaram a aceitar as criptomoedas, com a resposta de: todos podem faze-lo. Acontece que isso tudo já começou em 2017, pouco a pouco, como a TenX cards que passou a ser emitido e usado na Europa, e mais recentemente enquanto este artigo estava sendo preparado, Centra cards começou a enviar para os EUA e para o mundo, permitindo seus usuários a usar várias criptomoedas.

Liquidez e volatilidade das criptomoedas

Uma grande oscilação e mudanças no valor vão continuar durante o próximo ano. Recentemente durante as festas de fim de ano vimos mudanças de 30 por cento nos valores das principais criptomoedas faltando horas para as festas de Natal começarem.Com os ETFs e o aumento da liquidez trazida por eles, mais casas de câmbio estão se tornando online, e mais usam casos que apazíguam investimentos baseados em compra e venda e que resultam em grandes oscilações, a volatilidade vai continuar a diminuir no ano que vem.

Um grande estouro da bolha ou uma grande oscilação

É mais provável que seja ao menos uma grande oscilação na capitalização do mercado de Blockchains. O crescimento no valor dos Bitcoins, assim como várias outras grandes criptomoedas, poderia ser modelado por uma curva em S ou exponencial, criada na sua maioria por adoção, O modelo derivou do estudo chamado de Metcalfe's law assim como do effects law da nova rede, e mostrou que o crescimento é correlacionado ao crescimento dos números de acessos de um mesmo endereço usados diariamente na rede; dados que são facilmente extraídos da Blockchain. Uma atualização a esse estudo, incluindo dados deste mês mostra que esses valores tem profundamente permanecido desse modo. Entretanto, a dimensão não é tão grande como foi durante a bolha de 2014 e do mesmo modo a correção não deve ser tão severa.

E ainda, as vezes é necessário um evento para desencadear uma correção, Em 2014 foi a falha de um grande casa de câmbio, Em 2017 vimos ações regulatórias da China proibindo os ICOs e casas de câmbio dando início a correção de setembro. Uma outra grande falha de casas de câmbio ou ações regulatórias como a classificação de muitas ICOs como security é um desses eventos que poderia servir como um gatilho.

Recentemente publicações do SEC mostra que eles podem estar caminhando nesta direção. Contudo, deveriam ir com mais calma e com o desejo de produzir mais inovação no setor de Blockchains, parecido com as ações do governo (ou falta de ação) se refreando de taxar vendas pela internet ou atrapalhar o desenvolvimento na área de tecnologia, e isso talvez foi responsável por criar espaço para muitos sucessos. Todos os olhos estão voltados para a reunião de abril desse comitê.

Index

Index

Modelo de valoração da rede, (a) adoção conforme medido por um numero de endereços únicos usados em transações diárias, (b) valor conforme medido pelo fechamento diário dos valores do BTC. Metcalfe law refere-se ao valor para o quadrado do número de usuários ativos na rede, enquanto a funcionalidade atual é um modelo de rede que relaciona o valor ao exponencial da raiz quadrada do número de usuários ativos.

No geral, 2018 tem tudo para ser um outro ano interessante para a tecnologia Blockchain, com muito mais visibilidade e adoção do que em 2017.

Ken Alabi, Phd tem um doutorado em engenharia pela Stony Brook, um mestrado em Computer Aided Engineering pela University of Strathclyde, e é um profissional da área de TI, programador e publicador de pesquisas com mais de vinte publicações em vários campos da tecnologia.

 

Disclaimer: As opiniões e interpretações neste artigo são do autor e não representam a opinião do Cointelegraph. Não tem a intenção de ser um auxilio ao investimento e não deve ser usado desse modo.