0x realiza 550 transações por segundo na rede Ethereum com nova solução de escalabilidade

A busca por uma rede blockchain com alta taxa de transações por segundo não para. Uma solução que pode aumentar consideravelmente a capacidade da rede Ethereum (ETH) através da utilização de Starks foi lançada na testnet pela 0x - protocolo para exchanges descentralizadas que roda no Ethereum.

Esta nova técnica utiliza um modelo agora já um tanto familiar, no qual se deve depositar os fundos em um contrato inteligente. Estas contas são mantidas off-chain com provas baseadas em Starks, que são utilizadas para verificar se ninguém está trapaceando.

Matt Taylor, da 0x, disse o seguinte sobre o projeto:

“A StarkDEX é uma infraestrutura de intercâmbio descentralizada que utiliza STARKs para remover o teto de vidro da negociação sem custódia e permite que as exchanges de criptomoedas ofereçam a seus clientes negociações em grande escala, sem risco de contraparte. Hoje, o sistema com capacidade máxima pode agrupar 8.000 transações por bloco, o que é mais de 550 transações por segundo e 200 vezes mais barato em termos de custos de gás ”.

Gás é o termo que denomina a taxa que é cobrada pela rede para se transferir uma certa quantidade de Ethereum. Quanto maior o gás, maior a taxa para transferir seu ETH ou ERC token.

O que é novo neste caso é o uso de Starks para a compactação de transações.

Os programadores descobriram uma maneira de ter snarks ZK (zero knowledge). Assim, os starks são utilizados nas provas de conhecimento zero -  um método matemático que permite que você prove alguma coisa sem revelar detalhes específicos.

Você pode, por exemplo, provar que um endereço tem 1 ETH sem revelar se ele tem 1.1 ETH ou 1.000 ETH.

De acordo com Vitalik Buterin, um dos criadores do Ethereum, “STARKs também são cerca de uma ordem de magnitude mais rápida de criar” do que snarks.

No site do projeto existe uma simulação de como isso funciona através de uma transação testnet. De acordo com o site, a taxa de 0,12 ETH, cerca de US$ 28, foi pago por 1.024 transações.

A taxa atual para uma transação simples é de US$ 0,10. A taxa na transação teste foi de US$ 0,02. Segundo o site, pode-se atingir um aumento de capacidade da rede de até 1.000%.

O projeto ainda diz que a capacidade máxima poderia incluir 8.000 transações - o que seria um aumento de escalabilidade de cerca de 10.000%.

A corrida para se atingir um grande número de transações por segundo não tem fim. A grande barreira para o crescimento rápido de projetos de blockchain parece ser a capacidade de armazenar grandes quantidades de transação por segundo e competir com grandes nomes como Visa ou Paypal. 

Enquanto alguns projetos focam em novas técnicas como o Sharding e o Starks, a comunidade do Bitcoin parece apostar na rede Lightning Network para resolver este problema. Conforme reportado pelo Cointelegraph, a Lightning Labs recentemente lançou uma versão para desktop de seu cliente Lightning Network para disseminar a adoção da nova tecnologia