Preço do Bitcoin, Explicado

  • JUN 26, 2017
Preço do Bitcoin, Explicado
1.
2.
Como o preço do Bitcoin se desenvolveu?

O preço do Bitcoin faz seu próprio caminho.

Em 2009, o ano que o Bitcoin foi criado, ninguém poderia ter imaginado que ele ganharia taç popularidade. O preço inicial girava em torno de US$0.001. Nos cinco anos seguintes não houve eventos significativos, até que o preço subiu lentamente com poucas flutuações. Em 2013, o Bitcoin começou a atrair muita atenção por causa da crise bancária no Chipre. Em novembro de 2013 os chineses começaram a comprar BTC em grandes quantidades e o preço subiu cresceu até 1000 por cento. No entanto, isso não durou muito. Em fevereiro de 2014 houve um ataque DDoS nos servidores da exchange Mt. Gox. Naquele tempo, ele controlava 60% das transações de Bitcoin. Esta ocasião atingiu forte o Bitcoin e o preço caiu 40 por cento. Ao longo do ano, até janeiro de 2015, o preço continuou a cair. Durante 2015 o Bitcoin ganhou popularidade lenta mas firmemente e durante o ano, o preço começou a subir pouco a pouco. Desde maio de 2016, o Bitcoin tem ganhado a confiança de mais e mais pessoas, e seu preço continuou a subir. Em junho de 2017, o mercado viu uma queda dramática no preço, decrescendo14 por cento. Hoje em dia, o Bitcoin está retomando suas posições.

Preço de mercado (dólares)

3.
Quais fatores influenciam o preço do Bitcoin?

Há um número de fatores que impactam o preço do Bitcoin no curso do tempo.

Demanda e oferta de mercado - Este é o maior fator. Hoje em dia o Bitcoin não tem nenhum equivalente no mundo real, então, os BTC são vendidos em exchanges. O maior princípio da economia diz que se as pessoas compram uma moeda, seu preço sobe e se as pessoas vendem a moeda, seu preço cai. O Bitcoin não é exceção. No outono de 2013, seu preço subiu como que 10 vezes, como resultado da demanda chinesa.

Montante total de Bitcoins proprietários de Bitcoin - O montante total de Bitcoins é de 21 milhões, mas elos são produzidos com o tempo.

Chart

Total de Bitcoins através do tempo

No momento, existem cerca de 16 milhões de BTC e mais de 14 milhões de pessoas têm carteiras com BTC. Este número está crescendo rapidamente e como o número de Bitcoins é fixo, o preço vai continuar a subir.

Notícias nas mídias de massa - Há sempre um fator humano envolvido, ou seja, o modo como as pessoas reagem às notícias. Por exemplo, lembre a queda de 25 por cento no preço após a prisão de Ross Ulbricht ou o novo recorde de preço em antecipação à audiência ETF de Winklevoss.

Problemas técnicos - O Bitcoin tem um código aberto, então, todo mundo podem examiná-lo. Novas atualizações para consertar alguns bugs e pontos fracos no código podem dar um ímpeto de crescimento de preço. Enquanto isso, ataques bem-sucedidos de hackers ou ataques no servidor podem puxar para baixo a taxa de câmbio. Em agosto de 2016, alguns hackers descobriram um problema de segurança na Bitfinex e o preço subsequentemente caiu.

Eventos políticos e econômicos pelo mundo - Na era da globalização, decisões em apenas um país podem ter influência no mundo inteiro - por exemplo, a aceitação do Bitcoin como método de pagamento no Japão.

Alta volatilidade - A volatilidade é o grau de variação no preço de negociação no tempo. A volatilidade se refere à quantidade de incerteza e risco em um valor de seguro. Alta volatilidade significa que um valor de seguro pode potencialmente ser espalhado sobre uma maior extensão dos valores. Em outras palavras, o preço da segurança pode mudar dramaticamente em um curto período de tempo em ambas as direções. A volatilidade do Bitcoin é de cerca de neste momento 10 por cento, mas ele está caindo.

4.
O que garante o Bitcoin?

O Bitcoin não tem garantia física.

Isso significa que ele não não é garantido por qualquer metal precioso ou acordos internacionais. Não obstante, ele tem todas as características de dinheiro, tais como:

Uniformidade - Todos os Bitcoins são iguais. Ninguém pode distinguir um Bitcoin do outro. Cada BTC tem o mesmo valor e preço.

Divisibilidade - Cada Bitcoin pode ser dividido em partes menores.

Portabilidade - Indivíduos estão aptos a carregar dinheiro consigo e transferi-lo para outros indivíduos.

Longevidade - Depois do seu lançamento, o Bitcoin existirá por um tempo indefinido no sistema. Ele não desaparecerá em nenhum momento.

Reconhecimento - todo mundo pode facilmente distinguir o Bitcoin de outras criptomoedas.

Segurança - O Bitcoin é protegido de falsificação, roubo e cobrança nas informações de transações

A principal diferença entre o BTC e as moedas do mundo real é que todos os atributos acima são garantidos por métodos, algoritmos e protocolos provados pela matemática.

The main difference between BTC and real-world currencies is that all the features above are guaranteed by methods, algorithms and protocols proved by mathematics.

5.
Quais são as mais significativas flutuações de preço do Bitcoin?

Têm havido algumas oscilações na história do Bitcoin.

Causado por razões técnicas

Em fevereiro de 2011, a exchange Mt. Gox foi fundada, que permitiu às pessoas trocar dólares por Bitcoins. Consequentemente, o preço subiu de US$0,05 para mais de US$1

Em fevereiro de 2014, a Mt Gox informou um ataque DDoS em seus servidores. Naquele momento, a Mt Gox controlava cerca de 60 por cento das transações de Bitcoin. Como resultado disso, o preço caiu 30 por cento.

Influenciado por eventos internacionais

Entre outubro e novembro de 2013, organizações de todo o mundo anunciaram que eles tinham começado a aceitar pagamentos em BTC. Os chineses começaram a comprar Bitcoins em massa e, sem surpresas, o preço subiu de US$120 para US$1.150.

Em dezembro de 2013, O Banco Popular da China proibiu pagamentos em BTC, o que fez o preço cair para US$500.

Influenciado pela mídia de massa

Em abril de 2010, uma versão atualizada do código-fonte foi publicada. Depois deste artigo, o preço cresceu 10 vezes.

Em abril de 2011, a revista Time publicou um artigo sobre o Bitcoin no qual o autor falou sobre o futuro da criptomoeda. Logo após, o preço do Bitcoin cresceu de US$10 para US$30.

6.
O que acontecerá com o preço do Bitcoin?

É difícil prever algo com segurança

Qualquer moeda pode estar sujeita a um colapso. Existem algumas moedas notoriamente desvalorizadas conhecidas, como o Papiermark alemão ou o Dólar zimbabuano. Em um curto período de tempo, seus preços caíram a quase zero. Eles saíram de circulação, já que os bens e serviços cresciam saltos e pulos.

Em teoria, problemas técnicos e limitações, problemas de código, eventos políticos e decisões e outras criptomoedas são potenciais "quebra-contratos" para o Bitcoin. Não obstante, atualmente, não há pré-requisitos para a desvalorização.

Muitos representantes da cripto comunidade e investidores acreditam que o atual crescimento do Bitcoin é estável e de nenhuma forma é uma "bolha".

O Bitcoin é bastante jovem, aproximadamente 10 anos e tem um enorme potencial de crescimento.

É difícil prever o movimento do preço do Bitcoin para saber mais sobre tendências atuais e vindouras. Pode ser uma boa ideia seguir o mercado e manter-se atualizado sobre as notícias.