Carteiras Ethereum

An old woman knitting a wallet with Ethereum logo on it

Antes de poder trocar Ether, você precisa de um lugar para armazená-lo. No mundo da criptomoeda, esse lugar é chamado de carteira. Essencialmente, é um software que permite que você armazene seus fundos, realize facilmente transações e verifique seu saldo sempre que precisar.

Vale a pena notar que as carteiras Ethereum não funcionam como as carteiras físicas convencionais. O Ether não é armazenado em sua carteira ou em qualquer outro lugar. O Ether, assim como qualquer outra criptomoeda, não existe em nenhuma forma ou método tangível. Tudo o que existe são registros no Blockchain, e sua carteira só interagirá com o Blockchain para permitir transações.

Leia mais: Como funciona a tecnologia Blockchain

As carteiras possuem endereços públicos, que são strings (linhas) de letras e números geradas aleatoriamente que diferenciam maiúsculas de minúsculas. Se alguém quiser lhe enviar um Ether, ele será enviado para esse endereço, que também é chamado de "chave pública", essencialmente transferindo a propriedade das moedas.

O que está armazenado em sua carteira é sua "chave privada", uma senha com a qual você precisará assinar as transações e desbloquear moedas compartilhadas com você. Nem é preciso dizer que sua chave privada tem que ser mantida em segredo se você quiser evitar que seu Ether seja roubado.

A key for a wallet

As chaves pública e privada estão emparelhadas, o que significa que, para você realizar qualquer transação, as duas sequências de números e letras devem corresponder.

Como escolher uma carteira

Sua própria carteira Ethereum de terceiros

A maneira mais fácil de armazenar seu Ether é fazê-lo em uma carteira de terceiros, por exemplo, em uma carteira fornecida por uma casa de câmbio. Claro, desta forma você tem acesso fácil a seus fundos e manter seus tokens na casa provavelmente acelerará o processo de negociação. Mas, se optar por este método, você essencialmente dará à casa de câmbio total controle sobre seus fundos, pois é o terceiro que armazena suas chaves privadas. Além disso, o histórico de criptomoedas é recheado de casos de casas de câmbio sendo invadidas e os fundos de seus usuários sendo roubados.

A plataforma Ethereum permite que você crie uma carteira pessoal e pode escolher entre uma variedade de opções. Desta forma, você, e somente você, terá controle sobre a chave privada e, por extensão, acesso a seus fundos.

Nó completo ou não

A execução de um nó (node) completo permite que você tenha acesso direto ao Blockchain Ethereum. Se você não tiver um, precisará se conectar a outro nó para receber todas as informações necessárias e verificar suas transações.

Uma carteira de nó completo requer que você baixe o Ethereum Blockchain inteiro para operar. Essencialmente, isso transforma seu computador em um nó, uma entidade que suporta toda a rede, atualizando o Blockchain por meio de um acordo sobre a legitimidade de transações com outros nós. Isso só é possível caso se esteja usando uma carteira desktop, já que o Blockchain tem muitos gigabytes e está em constante crescimento.

A man with Ethereum logo in his hands

Carteira quente ou fria

Existem duas categorias principais de carteiras Ethereum: quente e fria. Uma carteira quente armazena suas chaves on-line para que elas possam ser acessadas facilmente de praticamente qualquer lugar do mundo, contanto que você tenha acesso à Internet. Mas, definitivamente, eles não são a melhor opção, pois podem ser hackeados e seus fundos podem ser roubados delas. Por outro lado, as carteiras frias armazenam suas chaves off-line e só se ficam on-line quando você quiser. Obviamente, isso as torna mais seguras e menos propensas a ataques de hackers.

Somebody trying to steal the wallet password

Como criar a sua própria

Criar sua própria carteira é relativamente fácil, especialmente porque a plataforma Ethereum fornece um serviço oficial de carteira chamado MyEtherWallet. Veja como configurá-lo.

Depois de abrir o site, você será recebido por vários lembretes de segurança. Reserve um tempo para lê-los, pois eles são muito úteis para você entender como tudo funciona e o que você deve e o que não deve fazer para proteger seus fundos.

Assim que você terminar de ler, verá uma opção para criar uma senha e configurar uma nova carteira. Depois de criar uma senha forte o suficiente, você terá a opção de fazer o download do seu arquivo de armazenamento de chaves. Você nunca está seguro demais no mundo do comércio de criptomoedas, por isso é recomendável que você o baixe e guarde em um lugar seguro.

O próximo passo é de extrema importância: salve sua chave privada. Faça o backup, memorize, escreva em um pedaço de papel e coloque-o em um cofre. Faça o que for preciso para garantir que você não a perderá e ninguém conseguirá botar as mãos nela.

Em seguida, você pode copiar e colar sua chave privada ou carregar seu arquivo de armazenamento de chaves para desbloquear sua carteira. Existem várias outras opções para desbloqueá-la, mas estas são as mais adequadas para marinheiros de primeira viagem.

A man with desktop Ethereum wallet

Agora você está pronto! Da próxima vez que quiser acessar sua carteira, tudo o que você precisa fazer é autorizar-se no site novamente. Lá, você poderá ver o endereço público de sua carteira e seu saldo.

O guia acima é focado em configurar a carteira Ether mais fácil e talvez a mais usada. Existem muitas outras variedades de carteiras disponíveis, todas com processos de configuração ligeiramente diferentes.

Carteira de papel

Uma carteira de papel Ethereum é talvez a opção mais segura disponível para armazenar seu Ether. Essencialmente, é apenas um pedaço de papel com um código escrito nele. A maior vantagem é que ela não está conectada à Internet nem precisa ser armazenada em seu computador. Esse pedaço de papel pode estar com você em todos os momentos. Pode estar em seu cofre ou mesmo enterrado em algum lugar do seu quintal. Ele torna seus fundos imunes a ataques de hackers, bem como a maioria dos tipos de roubo físico (dependendo do quão bem você o esconda).

Paper wallet and Bitcoin ATM

Para configurar uma carteira de papel, crie uma nova carteira no MyEtherWallet, faça o download do arquivo de armazenamento de chaves e pressione o botão "imprimir" fornecido para você. Um pedaço de papel que sairá da sua impressora conterá as chaves públicas e privadas, bem como códigos QR para digitalizá-las.

Como alternativa, para maior segurança, você pode usar outros geradores disponíveis on-line e desconectar-se da Internet antes de gerar um novo endereço de carteira. Esta é uma precaução de segurança caso o site esteja transmitindo as informações da carteira para um hacker.

Carteiras móveis

Carteiras móveis são frequentemente chamadas de clientes "light", já que não exigem que você baixe todo o Blockchain para operar. Em vez disso, eles dependem de mineradores ou nós para enviar informações precisas sobre o estado atual da rede. Essas carteiras são ótimas para serem usadas durante deslocamentos, essencialmente permitindo que você acesse seu Ether a qualquer momento, contanto que você tenha conexão celular. No entanto, como esses clientes são "leves" (light), eles são mais fáceis de hackear.

A man with mobile Ethereum wallet

No momento da escrita deste texto, a carteira móvel compatível com Ethereum mais popular e com bons reviews é a Jaxx. Ele está disponível para desktop no Windows, MacOS e Linux, bem como em smartphones rodando em sistemas iOS ou Android. A característica mais importante da carteira é que as chaves privadas nunca deixam o dispositivo. Não há necessidade de registrar ou fornecer qualquer informação pessoal.

A Coinomi é outra opção com boas críticas, mantém suas chaves no seu dispositivo e permite que você armazene 18 moedas diferentes e 214 tokens. Além disso, permite a conversão instantânea de criptomoedas. Atualmente, ele está disponível apenas para Android, com um cliente iOS sendo prepararo para ser lançado no futuro próximo.

Carteiras desktop

As carteiras desktop são executadas em seu computador ou laptop. Você pode tanto baixar um cliente completo (full) com o Ethereum Blockchain inteiro ou usar um cliente leve (light). Enquanto a última opção é mais fácil, a primeira fornece segurança extra, já que não é necessário que mineradores ou nós enviem informações precisas - elas validam as transações por si mesmas.

A crypto exchange on an iPad

As carteiras desktop são fáceis de configurar e usar. Elas são práticas e seguras, pois só podem ser usadas em um computador no qual elas foram baixadas. Elas estão, no entanto, conectados à Internet, portanto, você precisa garantir que seu computador não seja hackeado ou esteja infectado por malware. Além disso, se sua máquina for roubada, você estará correndo um grande risco de perder seus fundos.

Algumas das melhores carteiras desktop atualmente disponíveis são:

  • Exodus — Uma carteira multi-moeda fácil de usar com uma interface amigável que salva suas chaves em sua máquina. Ela tem o ShapeShift integrado, para que você possa instantaneamente trocar suas criptomoedas sem qualquer dificuldade. No entanto, a Exodus não é completamente de código aberto, o que significa que algumas partes do seu código não podem ser analisadas e revisadas pela comunidade.
  • MetaMask — Uma extensão do Google Chrome, mas que salva suas chaves na própria máquina, o que essencialmente a torna uma carteira desktop. É muito fácil de usar e você pode armazenar, enviar e receber Ether usando-a. Além disso, permite que você use outros aplicativos descentralizados dentro dela.
  • Mist — Uma carteira oficial da Ethereum, o que significa que você não precisa se preocupar muito com a segurança ao usá-la. É semelhante à Exodus, mas um pouco menos amigável ao usuário. Também tem o ShapeShift incorporado.

Carteiras da web 

Carteiras web, ou carteiras on-line, usam armazenamento em nuvem e podem ser acessadas de qualquer lugar. Além disso, elas são geralmente muito mais rápidas do que outros tipos de carteiras. Mas, como suas chaves são armazenadas on-line e, com frequência, em um servidor de terceiros, isso as torna extremamente suscetíveis a ataques cibernéticos, malwares maliciosos, golpes de phishing e hackers. Além disso, não é essencial que sua carteira, como é fornecida por uma empresa e a segurança de seus fundos, esteja completamente fora de seu controle.

Ethereum price analytics on a monitor

MyEtherWallet é essencialmente uma carteira web, mas é mais segura do que outras, pois é completamente descentralizada e armazena suas chaves no seu dispositivo.

A maioria das outras carteiras web Ethereum são associadas e fornecidas por casas de câmbio. Você pode encontrar uma lista de casas com suporte ao Ethereum em nosso guia "Como vender Ethereum".

Carteiras hardware

As carteiras hardware são o armazenamento frio final da criptomoeda. Eles são muito parecidos com os discos rígidos portáteis convencionais, mas projetados especificamente para serem usados com criptomoedas. Eles podem ser conectados ao computador de sua escolha para fazer uma transação e eles geram chaves off-line e em trânsito.

Hardware wallets on Amazon

Como as carteiras hardware não estão conectadas à Internet, elas fazem seus fundos completamente imunes a qualquer tipo de ataques cibernéticos e hackers. A maioria deles vem com opções de backup para garantir que você não perderá seu Ether e pode ser protegida com a autenticação de dois fatores, além de uma senha PIN. As carteiras hardware mais modernas também têm uma tela, que permite assinar transações no próprio dispositivo.

Claro, elas têm um preço. Elas definitivamente custarão um pouco mais do que você gastaria em uma carteira software, mas valerão o preço, especialmente se você estiver armazenando uma grande quantidade de Ether. Além disso, como são dispositivos feitos com um propósito específico em mente, eles não foram liberados em grandes quantidades, então eles podem ser muito difíceis de encontrar.

Nome

Preço aproximado

Tela

Ledger Nano S

€79 / $99

Sim

TREZOR

$99

Sim

KeepKey

$99

Sim

 

Leia mais: Carteiras Bitcoin para principiantes, tudo o que você precisa saber