Notícias sobre Bitcoin-XT

O Bitcoin-XT começou como uma sequência de patches por cima do Bitcoin Core que mais tarde foram transformados em um soft fork mantido de forma independente. Em 2015, quando as transações com o Bitcoin começaram a ser muito lentas e caras, o Bitcoin-XT foi proposto por Gavin Andersen e Mike Hearn como uma plataforma para aumentar o tamanho do bloco do Bitcoin de 1 megabyte para 8 megabytes. O fork do Bitcoin-XT recebeu suporte na comunidade Bitcoin e atenção de várias mídias relacionadas ao blockchain. Os mineradores que suportam o Bitcoin-XT devem ter começado a produzir blocos com um novo número de versão para indicar que eles estavam do lado do novo fork. Se 75% dos últimos mil blocos fossem blocos Bitcoin-XT, esses mineradores teriam mudado o blockchain do núcleo do Bitcoin para o Bitcoin-XT. No entanto, o Bitcoin-XT reuniu apenas 10% dos mineradores para usar seu protocolo, não teve apoio dos grupos de mineração chineses e perdeu quase todos os apoiadores até o final de 2016.